NO AR


1ª TEMPORADA:
IMAGENS PARA MUNDOS DEPOIS DO FIM

JUNHO 2020



Tem quem só acredita vendo. A televisão é um suporte de influência histórica na formatação da opinião pública e na produção de presença contínua no dia –a – dia dos lares. Manifesta-se como uma companhia, interfere diretamente nas formas de conviver e habitar o mundo. O trajeto percorrido pelas imagens em movimento, do cinema ao smartphone, compreende uma direção das telas à uma certa privatização do olhar. São muitas as subjetividades que atravessam estas tecnologias da comunicação - seja com as representações e representatividades exibidas, seja com as disputas sensíveis de narrativas em torno das noções de fato e ficção.

As imagens já não carregam mais o sinônimo da verdade, o registro não mais significa o real. O mundo ocidentalizado naturalizou os processos e edições do pensamento, do corpo, do som, das imagens, dos posts, dos documentos, das provas, dos comprovantes, dos fatos, do presente. A relação entre desenvolvimento tecnológico e cognitivo da sociedade moderna por alguns é visto como sucesso, mas também pode ser vista como crise. Sujeitos de todas as classes, incluindo governantes, transgridem arbitrariamente os  limites entre liberdade de expressão e discursos de ódio.

A temporada de lançamento IMAGENS PARA MUNDOS DEPOIS DO FIM localiza o nascimento da TVCORAGEM dentro de uma crise sanitária, política e econômica, mas não a encerra nesta.  Lança corpo a um ponto no espaço, propõe-se em continuidade, elabora um por vir - a partir. Durante o isolamento social, o olhar percebe o ambiente doméstico ganhar protagonismo como paisagem-personagem no drama cotidiano e o revisita com a possibilidade de uma desprogramação das formas de subalternização já estabelecidas nas imagens de massa. Diferente dos métodos coloniais para homogeneizar os povos brasileiros, manifestam-se aqui imagens para uma comunicação que acredita na audiência-mundo plural e imaginativa, abundantes em potência criativa e transformadora, ainda que estruturada por contextos de iniquidade.

A TVCORAGEM e as IMAGENS PARA MUNDOS DEPOIS DO FIM são realizadas de forma remota e low-tech, com aparelhos e recursos disponíveis ao redor das participantes. Conteúdos comissionados, restritos e gratuitos serão disponibilizados em plataforma web, através de programas, divididos em episódios, com atualizações semanais.

O lançamento reivindica o olhar como um verbo e por isso uma ação, um gesto que que captura parte do momento pelo sentido; que lança memórias ao mundo físico para afetar o plano sensível. Convida performers, artistas, atrizes, educadoras, cineastas, diretoras, pesquisadoras, curadoras, terapeutas e mira em trabalhos sem certezas fechadas, que observam códigos,  cotidianos, corpos e a imaginação, como artifícios para re-elaboração de um tempo-presente afetado pela catástrofe colonial.

Se apresentam artistas que utilizam do filme e das imagens digitais como possibilidades de reescrita narrativa, de deformação e reinvenção do tempo, do fogo e do arquivo. Manifestam-se corpos em contexto de confinamento que harmonizam frequências, amolam espadas, redigem o mundo físico em seu quintal. Vasculham caminhos de luz, convocam genitoras, preparam o terreno para continuar a incrível magia de existir.

Milton Santos nos diz em 2001, no filme "A globalização vista do lado de cá" de Silvio Tendler que

hoje com a pequena aparelhagem informática e eletrônica, com meios limitados, também se faz opinião, também se produzem coisas centrais na reelaboração da História.

A TVCoragem convida a todas para reelaborações das formas como vemos o mundo e a nós mesmos. 

Esta temporada da webtv foi pensada em torno de questionamentos sobre como realizar programações culturais sem espaço físico e foi executada em paralelo à escrita da ficção “Silêncio invisível à beira do berro.” (2020).

Lorran Dias
direção artística e curadoria


 








RETROSPECTIVAS 


“Cuando tengo comida en mis manos”  32 videoperformances de Paulo Nazareth em 12 anos de produção, gentilmente cedidas pelo artista e pela Galeria Mendes Wood DM (Bruxelas/São Paulo/Nova York).

Anarca Filmes: 1/2 Década
Exibição de Curta-metragens, vídeos e processos

Anti: Residência Fílmica Antifascista Exibição dos filmes realizados durante um mês de residência artística voltada para filmes e vídeos em 2018 no Espaço Saracvra (RJ)

Vídeoaulas: Tecnologia, Cultura e Políticas Públicas 
Com Aline Vila Real (MG) e Sil Bahia (RJ)

Cinemateca MAM-Rio: Mediação de diálogos entre acervos digitais Cópias da filmografia Anarca Filmes (2014-2019) para acervo  da Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. 

PERPÉTUO - ONLINE PREMIERE #VitrineFilmesIndica: Cinemas Brasileiros  Possíveis Parceria entre TV Coragem e a distribuidora Vitrine Filmes para lançamento online do curta-metragem Perpétuo (2018) de Lorran Dias

EPISÓDIOS INDIVIDUAIS
Dedicados a obra de artistas multimídia contemporâneas  Clarissa Ribeiro, Denise Ferreira da Silva, Diambe, Gabriel Massan, PV Dias e Vitória Cribb

COMISSIONAMENTO DE OBRAS
Convite feito à performers e não- performers para contribuir com um trabalho para programa de performances com atualizações semanais

CRIAÇÃO DE ACERVO DIGITAL Criação de videoteca com obras comissionadas ou doadas por artistas participantes. Os trabalhos podem ser acessados no botão ACERVO do menu.

︎ 1ª TEMPORADA  ENCERRADA 

 IMAGENS PARA MUNDOS DEPOIS DO FIM




VITRINE FILMES INDICA: CINEMAS BRASILEIROS POSSÍVEIS 

LORRAN DIAS            

PERPÉTUO (INTERNATIONAL FILM FESTIVAL ROTTERDAM 2019) - English Subtitles             

RETROSPECTIVA 

ANARCA FILMES                      CONTEÚDO +18

BAD GALETO: NO LIMITE DA MORTE (2017), DESMONTE (2016), MIGUES (2015), X-MANAS (2017), TRÓPICO TERRORISTA (2016), WALESKA MOLOTOV (2017)  


REPRISE: CORPO-DOMICÍLIO

 PROGRAMA DE VIDEOPERFORMANCES 


, CARMEN LUZ, GRACE PASSÔ, MAX WÍLLÀ MORAIS, PODESERDESLIGADO, RAINHA TIMBUCA, SABINE PASSARELI, WILSSA ESSER

SESSÃO CORAGEM

ANTI: RESIDÊNCIA FÍLMICA  

EDNA (2018), O CONTO DO NUNCA MAIS (2019), EDUCAÇÃO TRAVESTY (2019), FAZEMOS DA MEMÓRIA NOSSAS ROUPAS (2019), BARBIE ORGULHOSA DE SEUS PRIVILÉGIOS (2018), SAILOR MONSTRAS (2018), ERÓ (2018), THIS IS AN OPTICAL ILLUSION (2018), QUANDO UMX CORPX VIRA CINZAS?  (2018)